quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Ficando com o papai.

Esse ano de 2013 vai se um ano de novas rotinas e retorno de algumas antigas.O exemplo de novo é a ida de Bruna a escola que vai acontecer dia 18 de feverreiro e o meu retorno as atividades de Fisioterapeuta.
Estou organizando minha agenda com os horários do colégio da pequena,as idas a casa de minha mãe e o
curso de Pilates que comecei a fazer esse final de semana,que é o assunto desse post.

Após dois anos afastada das atividades profissionais  e exercendo a atividade de mãe ,percebir que com a ida de Bruna ao colégio ,deixando um horário disponível,tinha que  atualizar meu curriculo com novos cursos,  nada melhor do que a nova sensação do pedaço o pilates.E para isso teria que abir mão de pelo menos um final de semana inteiro  durante mais ou menos 6 meses incluindo estagios e workshop.

A principio fiquei um pouco relutante pois mãe sempre acha que somente ela cuida bem da cria ,mais sentir a hora de deixar a minha familia andar um poouco com suas próprias  pernas e resolvi investi no profissional.

Com o apoio do marido que disse "fico com a filha mulher! " rsrsrs... decidir então encarar esse novo desafio e no dia 26/01 antes das 8:00hr da manhã a comida ja estava pronta,casa limpa, filha arrumada e alimentada e marido pronto para o seu primeiro dia de babá.Sei que ele foi para o parquinho com ela,deu almoço e foi me  pegar no curso para almoçar em casa.Logo tratei de tormar banho com ela para que ao me levar de volta para o curso no carro ja iria dormindo ,dando folga o pai por algumas horas.

E nisso todos os intervalos sempre ligava  para saber como estva a situação.A noite ao meu retorno para o lar Bruna ja estava de banho tomado ja tinha jantado e para mamãe relaxar um poucos fomos comer um belo pastel.

No domingo com o mesmo esquema ,incluindo um passeio na casa da avó paterna.O mais legal que quando voltei para casa estava tudo no lugar rsrsrs...

Essa experiência foi muito boa  para a familia como um todo.Percebi  que a relação entre Bruna e Junior ficou mais fluida pois  ele tinha medo de trocar fralda,dar baho,algo inevitável esses dias.E agora o meu esposo falava de coisas e comportamentos de Bruna que eu apenas observava.

Tem mais curso  pela frente ,mais hoje sei que minha gatinha vai estar em otimas mãos,as do seu pai.


3 comentários:

Renata Diniz disse...

Mas que ótima notícia para quem também está planejando retomar a vida profissional depois de quase cinco anos fora do mercado de trabalho. Meu caminho é longo. Papai aqui não tem a disponibilidade do papai daí. Mas vamos caminhando!! Sucesso para vocês! Beijo grande e nosso carinho!

Janaína Mascarenhas disse...

É isso aí! Precisamos dar oportunidades para esses papais mostrarem suas habilidades. Todos saem ganhando.
Senti sua falta na festinha de Mateus.
Bj

Camila Carvalho disse...

eu acho muito importanteee isso...
esse víncul ocom os pais...é maravilhoso...e eles trbm aprendem que não é nada fácil e dãop mais valor..né nãao?
bjooos no coração
" )
perolasdealanis.blogspot.com